Close
escrever é fundamental

Livros que te ajudam a escrever melhor

Quem nunca se sentiu de mal com as palavras, brigado com a gramática, incapaz de domar o próprio idioma? Quem nunca inventou uma língua, como Guimarães Rosa?

A nossa língua portuguesa tem o dom de gerar muitas dúvidas em nós, meros mortais. Ficar em dúvida sobre como escrever uma determinada palavra ou aplicar pontuação é algo totalmente normal.

Recentemente passamos por várias mudanças na língua devido ao novo acordo ortográfico, e ainda tem muita gente se acostumando às novas regras. E precisamos ter ciência de que o conhecimento gramatical e a aplicação automática das regras não garantem um bom texto.

Desse modo, estamos aqui para sugerir ótimos livros. Certamente,  muitos deles (ou até mesmo todos!) vão te ajudar a escrever melhor. Pode confiar!

Vamos às dicas de leitura que deixarão sua escrita maravilhosa e cheia de estilo. ?

****

A arte de escrever bem

A arte de escrever bem – Escrever é fundamental. Afinal, quem, nos dias de hoje, não precisa mandar mensagens pelo correio eletrônico, escrever relatórios, fazer vestibular ou produzir uma matéria? Este livro é o mais claro e bem-humorado que qualquer um que precise escrever bem pode obter. Donas de texto impecável, agradável e atual, Dad Squarisi e Arlete Salvador mostram como é possível redigir de modo adequado e elegante.

 

Escrever melhor

Escrever melhor – É possível transformar um texto comum numa escrita sedutora, gostosa de ler? Em Escrever melhor: guia para passar os textos a limpo, Dad Squarisi e Arlete Salvador mostram como estudantes, jornalistas, advogados, executivos e outros profissionais que usam a escrita no dia a dia podem melhorar seu texto, tornando-o conciso, objetivo, claro e… sedutor. O livro aponta os defeitos mais comuns – em relatórios, documentos, reportagens, dissertações, teses e petições – e indica como escapar das ciladas da língua portuguesa.

 

Guia de EscritaGuia de Escrita – Por que há tantos textos ruins? O que se pode fazer para mudar essa realidade? É verdade que a língua está se deteriorando devido às mensagens eletrônicas e às redes sociais?

Neste livro divertido e instrutivo, Steven Pinker – linguista, cientista cognitivo, escritor e autor de vários best-sellers – repensa o manual de uso da língua, trazendo-o para o século XXI. Em vez de lamentar a decadência do idioma, listar seus motivos de irritação preferidos ou reciclar regras que povoam os manuais de cem anos atrás, ele traz ideias da Linguística e das Ciências Cognitivas como auxílio no desafio de se construir um texto claro, coerente e elegante.

Guia de escrita, em brilhante tradução e adaptação para o português do linguista Rodolfo Ilari, destina-se tanto àqueles que escrevem (e deveriam melhorar muito), como aos que ainda têm medo de escrever e têm curiosidade em saber como as ciências da mente podem esclarecer melhor o funcionamento da linguagem.

Escrita criativaEscrita criativa – Escrever parece fácil. Porém, todos que, algum dia, quiseram passar suas ideias para o papel ou  o computador já tiveram momentos em que isso se mostrou uma tarefa difícil e frustrante. Mas se engana também quem acha que escrever bem é privilégio de uma nata de dotados de talento especial. Este livro revela que tudo é uma questão de começar, manter a disciplina e trabalhar duro até chegar ao melhor resultado.

Aliando dicas e pensamentos de grandes mentes criativas de diferentes áreas, o autor demonstra como se aventurar com coragem na tarefa da escrita. Como seduzir o leitor e prendê-lo ao texto? Como ter ideias originais e pensar em maneiras novas de expô-las? Estas páginas respondem a muitas questões como essas e servem como um excelente guia para quem quer escrever melhor.

Guia de acentuação e pontuação em português brasileiroGuia de acentuação e pontuação em português brasileiro – Acentuação e pontuação são grandes vilões na hora de escrever. Dúvidas sempre surgem: como usar a vírgula? Para que servem as aspas? Tal palavra tem ou não acento agudo? E crase?

Este livro vem socorrer todos aqueles que precisam compreender melhor esse conjunto expressivo de sinais que são usados para complementar e organizar a escrita.

Em vez de decorar regras, é preciso entender a lógica que gerou cada sinal, sua necessidade e seu uso. E é isso que o professor Celso Ferrarezi faz: de forma objetiva e esclarecedora, explica os conteúdos, tornando o livro claro e atraente, mas não esquemático.

Um guia extremamente útil tanto para estudantes e professores, quanto para todos nós, que utilizamos a língua escrita o dia inteiro, no trabalho e no lazer.

****

Estas são apenas algumas sugestões em meio a inúmeros títulos que podem te ajudar a escrever melhor: nosso catálogo é repleto deles. Agora que você já tem um “rumo” a seguir, basta colocar a leitura em prática, abrir a página em branco do Word ou pegar o caderno e o lápis, e pronto, nascerá um escritor!

Brincadeira… Não precisa querer ser um escritor, mas uma coisa é certa: você não vai mais ficar de mal com as palavras, nem brigado com a gramática!

Espero que tenha gostado das dicas de leitura e até o próximo texto.


Elisângela Moraes é jornalista de formação e se dedica à área de marketing há alguns anos. Trabalha na Editora Contexto desde 2016 e, além de ser apaixonada por livros, é louca por gatos, séries e música de qualidade.