Meu Carrinho
0
R$ 39,90 em 1X de R$ 39,90 (Sem Juros)
Parcelas e formas de pagamento
MasterCard
1 x R$ 39,90 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 39,90
Visa
1 x R$ 39,90 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 39,90
Amex
1 x R$ 39,90 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 39,90
Elo
1 x R$ 39,90 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 39,90

Gostaria de receber notificação quando este produto estiver disponível?

Calcular frete e prazo
Entrega Frete Prazo
Digite um CEP e clique no botão OK.
ISBN: 85-7244-341-X
Formato: 16 x 23 cm
Lombada:  1,0 cm
Peso: 0,271 kg
Acabamento: Brochura
N. de páginas: 176
Assunto:  História


Leia um trecho

O Muro de Berlim começou a cair na Hungria. Parte do bloco socialista comandado pela então União Soviética, a Hungria se posicionava contra a ditadura dos seguidores de Stalin, com suas torturas e execuções em massa dos supostos inimigos do regime, o culto à personalidade do ditador e o autoritarismo arbitrário. A revolução húngara de 1956 foi um dos mais importantes sinalizadores da queda do Muro de Berlim, da derrocada da União Soviética e do "socialismo real". Neste livro, os autores perfazem detalhadamente e analisam todos os ângulos desse levante, que teve adesão tanto de intelectuais e estudantes quanto dos trabalhadores e que por suas conquistas como um movimento de liberdade foi esmagado. A obra, com documentos inéditos em língua portuguesa, trata ainda das repercussões do levante húngaro no Brasil. Uma leitura apaixonante.

Até o momento não há avaliações para esse produto.

Hungria 1956: e o muro começa a cair

R$ 39,90

Receba nossa Newsletter

Receba ofertas e novidades exclusivas.
Editora Contexto
-
Rua Doutor José Elias, 520, Alto da Lapa | 05083-030-São Paulo-SP | CNPJ: 57.105.736/0001-41